21 de outubro de 2013

Caminho (parte XIV): os sinais do Caminho…

Olá Alegre!

Hoje vou escrever sobre os sinais do Caminho, pois muitas pessoas me perguntaram se eu não tive medo de me perder, ou se tinha me perdido, e ainda se o caminho era bem sinalizado. Aliás, quem está acompanhando as postagens sobre o Caminho, se tiver alguma dúvida, curiosidade ou sugestão, peço que me escreva. Pode ser por comentário aqui no blog, no facebook ou mesmo por e-mail (thaisyoga@gmail.com). As perguntas me inspiram a escrever ainda mais e me ajudam a lembrar dos fatos!

Melhor que escrever sobre a sinalização do Caminho, é postar algumas fotos dos sinais. Existem muitos tipos de sinais, entretanto os mais comuns são a concha e a seta amarela.  Principalmente as setas amarelas, que são colocadas e pintadas em paredes, ruas, arvores, pedras,  postes, blocos de concreto, pontes, calçadas, e onde mais a imaginação permitir, como em girassóis!

caminho de santiago 428

DSCN1859

caminho de santiago 041

caminho de santiago 191

caminho de santiago 478

caminho de santiago 392

caminho de santiago 429

caminho de santiago 433

caminho de santiago 475

thais espanha 2013 fotos 02 248

thais espanha 2013 fotos 02 275

thais espanha 2013 fotos 02 380

thais espanha 2013 fotos 02 377

thais espanha 2013 fotos 02 409

thais espanha 2013 fotos 02 288

thais espanha 2013 fotos 02 487

thais espanha 2013 fotos 02 343

DSCN1253

thais espanha 2013 fotos 02 505

DSCN1274

thais espanha 2013 fotos 02 302

DSCN1406

Diante de tantos sinais, não é fácil se perder no caminho, a não ser que estejamos muito distraídos. Uma possibilidade de se perder é caminhar no escuro, enquanto ainda não amanheceu, porque nesta situação fica mais difícil de ver os sinais. Reparei que alguns trechos do caminho tem maior quantidade de sinais que outros, mas uma coisa é certa, se você procurar pelos sinais, eles estarão lá!

Me parece que difícil mesmo é achar os sinais do caminho no nosso dia a dia! Nem sempre eles estão tão visiveis como as setas amarelas e além disso, a quantidade de distrações são infinitas. Mas uma coisa é certa, sem caminhar é impossível acha-los!

Portanto, sigo caminhando e tentando segui-los quando consigo encontra-los!!

Buen Camino!

Namaste!

Thais

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Thais, privilegiados seus olhos por verem tanta beleza e muito generoso seu coração por compartilha "seu caminho" conosco!
Você sempre foi uma aluna muito aplicada e só podia se transformar em uma Grande Professora.

Um beijão em seu <3
Fernanda de Paula Pelossi

Thais Yoga disse...

Olá querida Fernanda!
Muito obrigada por suas palavras doces!
Muito inesperado e feliz esse caminho que faz com que a gente se reencontre, tantos anos depois (graças as tão criticadas redes sociais!) e possamos compartilhar sonhos, idéias, esperanças e sentimentos!!!
Gratidão profunda por este momento
Thais