16 de junho de 2014

Finisterra: final do Caminho???

Bom dia!!!

Cheguei na manhã do dia 28 de setembro de 2013 em Santiago de Compostela. Minha intenção inicial (quando ainda estava no início do Caminho), era ficar um dia em Santiago para descansar e caminhar mais 100km até Finisterra para devolver minha concha de peregrina ao mar.

Apesar do Caminho na prática acabar em Santiago de Compostela, existe uma lenda que a concha, símbolo do peregrino, e que o acompanha durante toda a peregrinação, deveria ser devolvida ao mar no final da jornada, como o símbolo de um último ato de desapego.

Entretanto, para fazer isso, eu precisaria de pelo menos 4 dias, para caminhar com tranquilidade, uma média de 25km por dia, e mais dois dias para voltar a Santiago e de lá para Madrid para pegar meu voo de volta ao Brasil.  E eu não tinha tantos dias assim! Além disso, o clima estava realmente ruim na Galícia: chuva e frio! O que fazer? Queria muito ir devolver minha concha ao mar!!!

download

Gustavo e Wagner também tinham a intenção de ir até lá, então nós 3 alugamos um carro (e que carro!) para ir a Finisterra. Um luxo na vida de um pobre peregrino!!! hahaha

caminho de santiago cel 835

1233385_10151636824277793_801507750_n

The Way iPhone 269

…e fomos nós três até o Finisterra, ou seria mesmo,  até o final da terra???

DSCN3010

The Way 1158

Chegamos lá à tardinha do dia 30 de setembro, e um nevoeiro pitoresco encobria toda paisagem! Dava pra ouvir o vento forte que parecia assoviar, dava para ouvir o som do mar e das ondas batendo nas pedras,  mas não dava pra ver nada, apenas alguns peregrinos, as pedras sob nossas botas… e a luz do farol!

DSCN3008

DSCN3016

1374758_10151636823762793_268274335_n

552757_10151636823542793_162542157_n

DSCN3024

Alguns peregrinos, além de jogarem a concha ao mar, também queimam suas roupas de peregrinação…

DSCN3026

E, embora não desse para ver quase nada, dava para sentir tudo… energia indescritível!

1376632_1395965000634909_1423496949_n

Meditei, agradeci e quando o nevoeiro diminui um pouco e deu para ver o mar, aproveitei e me despedi da minha concha…

caminho de santiago cel 829

caminho de santiago cel 823

caminho de santiago cel 824

Leve, livre, grata…

Cada um de nós jogou sua própria concha, eu acho. Não me lembro!

Apesar de termos ido juntos foi um momento muito pessoal….

caminho de santiago cel 832

Depois deste momento de solitude, nos reunimos para jogar a concha de Arunas. Ele não pode ir até Finisterra conosco, mas pediu que levássemos a concha dele. Wagner fez um pequeno vídeo do momento para Arunas que dá pra ter uma ideia do vento e do lugar:

Jogando a concha de Arunas em Finisterra…

Dormimos em Finisterra e na manhã seguinte tomamos café da manhã à beira mar…

DSCN2993

caminho de santiago cel 834

DSCN3040

… e seguimos até Muxia, outro local de extrema beleza e de energia muita forte. Quem assistiu o filme “O Caminho/ The Way” vai reconhecer o local pelas fotos! Nesse dia, o tempo abriu e pudemos tirar lindas fotos desse lugar incrível!!!

DSCN3041

DSCN3052

8452_10151637676817793_91421423_n

caminho de santiago cel 666

DSCN3045

DSCN3047

DSCN3061

DSCN3069

DSCN3094

O Caminho simbolicamente terminou no mar, em Finisterra, em Muxia, …, mas, se vocês, após 60 postagens juntos, ainda tiverem folego de caminhar comigo,  gostaria da companhia de vocês num último post, numa breve reflexão sobre todo esse Caminho, topam? Não farei tal reflexão agora porque esta postagem já está longa demais, mas pretendo escrever em breve…

De qualquer forma, queria desde já agradecer pela companhia de vocês!!! Fiz o Caminho duas vezes: uma ao faze-lo fisicamente e outra ao escrever sobre ele e ter a companhia de vocês comigo!

Sintam-se a vontade para postar comentários! Vou adorar saber como foi a experiência para você leitor de caminhar comigo e chegar à Santiago!

Gratidão! Namaste!

Thais

caminho de santiago cel 815

4 comentários:

Anônimo disse...

Nunca fiz o caminho, e cheguei até o seu blog por acaso depois de ler a sua Tese, apreciar a leitura e procurar mais sobre você na internet (sou sim, felizmente ou infelizmente muito curiosa!). Mas tenho que lhe dizer que lendo as postagens senti mesmo que deveria ter achado o seu blog.
Isso me remete a um momento especial da minha vida, onde lá por volta dos meus 16 anos convivi um pouco com a avó de um namorado da época, assim como você ela tinha um blog com muitas postagens bonitas, e me contava desse caminho, que gostaria de fazê-lo e como devia ser bonito, era uma pessoa super iluminada e me encantava tudo que ela falava. Enfim, não estou mais com esse namorado há 8 anos e descobri há pouco mais de 3 que ela faleceu.
Essa imagem de um caminho bonito de peregrinação sempre ficou bem guardadinha na minha cabeça, e sinceramente reviveu ao ler suas postagens. O seu caminho me emocionou e por muitas vezes chorei ao ler o que você sentiu durante o mesmo, sou também muito emotiva por sinal, e queria agradecer por você ter compartilhado esse momento com alguns desconhecidos como eu. Obrigada mesmo, só me deu mais coragem para tentar o meu próprio, e de levar algo em memória da avó do meu ex! Bjs Sil

Silvia disse...

Nunca fiz o caminho, e cheguei até o seu blog por acaso depois de ler a sua Tese, apreciar a leitura e procurar mais sobre você na internet (sou sim, felizmente ou infelizmente muito curiosa!). Mas tenho que lhe dizer que lendo as postagens senti mesmo que deveria ter achado o seu blog.
Isso me remete a um momento especial da minha vida, onde lá por volta dos meus 16 anos convivi um pouco com a avó de um namorado da época, assim como você ela tinha um blog com muitas postagens bonitas, e me contava desse caminho, que gostaria de fazê-lo e como devia ser bonito, era uma pessoa super iluminada e me encantava tudo que ela falava. Enfim, não estou mais com esse namorado há 8 anos e descobri há pouco mais de 3 que ela faleceu.
Essa imagem de um caminho bonito de peregrinação sempre ficou bem guardadinha na minha cabeça, e sinceramente reviveu ao ler suas postagens. O seu caminho me emocionou e por muitas vezes chorei ao ler o que você sentiu durante o mesmo, sou também muito emotiva por sinal, e queria agradecer por você ter compartilhado esse momento com alguns desconhecidos como eu. Obrigada mesmo, só me deu mais coragem para tentar o meu próprio, e de levar algo em memória da avó do meu ex! Bjs Sil

Thais Yoga disse...

Querida peregrina Sil!
Gratidão por suas palavras e por sua sensibilidade! Fiquei muito feliz de saber que vc estava comigo também, que se emocionou e que assim como eu tb busca coragem para seguir seu caminho! Somos todos peregrinos nessa vida!!! Muita luz na sua caminhada!!! gratidão por separar um tempo pra escrever e compartilhar sua experiencia comigo! namaste! Thais

Thais Yoga disse...

Querida peregrina Sil!
Gratidão por suas palavras e por sua sensibilidade! Fiquei muito feliz de saber que vc estava comigo também, que se emocionou e que assim como eu tb busca coragem para seguir seu caminho! Somos todos peregrinos nessa vida!!! Muita luz na sua caminhada!!! gratidão por separar um tempo pra escrever e compartilhar sua experiencia comigo! namaste! Thais