3 de outubro de 2014

Rompendo fronteiras…

rompendo limites

“Sinto-me leve, sinto-me leve, entregue ao Universo. Deixo meus velhos padrões,  e agora assumo e reconheço todas as possibilidades.

A única  coisa que limita o homem é sua própria mente. O limite do homem é aquilo que ele acredita ser.”

Oberom

Do livro: Viajando na Luz, Ed. Livro Pronto

Nenhum comentário: